Condoaureum

NOTÍCIAS

9 de outubro de 2019

Funções do Gerente Predial

Conheça as atribuições desse profissional, cada vez mais requisitado

Conheça as atribuições desse profissional, cada vez mais requisitado

Uma função antes restrita a condomínios comerciais e de alto padrão se populariza cada vez mais – principalmente nos empreendimentos com muitas torres ou com área comum extensa, os gerentes prediais têm como função primordial o cuidado com a manutenção, habilidades de gerenciamento de equipe e da parte mais burocrática do condomínio, deixando o síndico mais focado na parte de relacionamento com os funcionários.

Gerente predial ou zelador?

A dúvida é bastante comum, uma vez que os cargos têm bastante em comum.

O que diferencial é que o gerente predial costuma ter mais escolaridade que o zelador.

“Costumamos ver mais gerentes prediais formados em administração ou engenharia, uma vez que uma grande demanda da profissão é justamente o cuidado com os equipamentos do condomínio”, salienta Marcio Spimpolo, advogado especialista em direito condominial.

Independente do curso superior, é fundamental que o profissional esteja sempre atualizado e em dia com as novidades envolvendo os itens das áreas comuns do condomínio.

“Não é que se espere que ele saiba efetuar todos os reparos, mas deve ser um profissional capaz de argumentar com a empresa de manutenção de elevadores, por exemplo”, pontua José Roberto Graiche, presidente da administradora Graiche.

Outro ponto importante sobre a carreira de gerente predial é que a mesma pode ser uma porta de entrada para quem quiser se dedicar a administrar um condomínio.

“É um ótimo caminho para se entender o ‘global’ de um condomínio. Ficar na função de gerente predial de um empreendimento grande, por cerca de dois anos, agrega muito conhecimento prático para quem deseja se tornar um síndico profissional”, assinala Marcio.

Atribuições do cargo de gerente predial

  • Gerenciar o pessoal do prédio, caso os funcionários sejam orgânicos. Caso sejam terceirizados, deve ter diálogo frequente com a empresa;
  • Realizar cotações;
  • Acompanhar as manutenções;
  • Coordenar o controle de acesso dos edifícios, realizando relatórios periódicos de controle entregues ao síndico;
  • Ser capacitado a realizar trabalhos de prevenção e combate a incêndios;
  • Ter bons conhecimentos relacionados à parte elétrica e hidráulica do condomínio;
  • Conhecer as normas técnicas e regulamentações relacionadas ao condomínio;
  • Estar a par dos produtos disponíveis no mercado, da área de segurança à de limpeza;
  • Intermediar contatos entre construtora e proprietários;
  • Ter preocupação constante com relação à segurança do condomínio;
  • Ter conhecimento da Convenção e do Regulamento Interno do condomínio;
  • Boa capacidade de comunicação e liderança.

Habilidades do gerente predial

  • Conhecimento técnico em hidráulica, elétrica, manutenção predial e noções de engenharia;
  • O gerente condominial deve sempre acompanhar e motivar os funcionários, ou supervisionar esse trabalho feito pelo zelador;
  • O gerente deve ter uma boa comunicação e saber expressar com clareza e objetividade o que espera de cada funcionário;
  • É importante também que o gerente estabeleça uma rotina de trabalho, para que cada funcionário saiba o que dele se espera, além de, assim, ter parâmetros para avaliar o rendimento de cada um;
  • Os procedimentos devem ser reavaliados ou reforçados em reuniões periódicas de trabalho;
  • O ideal é adotar um estilo “presente e democrático”, em que o gerente ouve os funcionários ao mesmo tempo em que exige o cumprimento das tarefas, o que cria satisfação e aumenta a produtividade;
  • O gerente deve sempre checar se a prestadora de serviços está em dia com as obrigações trabalhistas, para evitar futuros problemas judiciais para o condomínio.

Fonte: sindiconet.com.br

Posts mais lidos